Sardas: tratar ou assumir? Quem escolhe é você!

“Sardas são manchas escuras, arredondadas, que acometem principalmente a face. Seu comprometimento é basicamente estético”, explica a Dra. Caroline Assed Saad, médica assessora da Sociedade Brasileira de Dermatologia. A exposição solar, que, como sabemos, deve ser evitada, faz com que elas fiquem mais intensas. “No verão a fotoproteção tem que ser redobrada para evitar a piora das lesões”, completa a dermatologista.

Apesar de as sardas não oferecerem riscos, há tratamentos cada dia mais avançados para amenizá-las e, segundo a Dra. Caroline, a procura é alta. “São inúmeras técnicas de tratar as lesões e é possível alcançar bons resultados”, diz. Quem já tentou algumas delas, de ácidos de uso tópico a tratamentos com laser, é a estudante de arquitetura Fernanda Pironi, 21 anos . “Com o tempo, elas acabaram voltando. Hoje eu uso muito filtro solar para que não escureçam e já aceitei que elas são parte de mim”, diz. Quando tem mais tempo, Fernanda usa maquiagem para cobrir as manchinhas.

Ao contrário dela, a coordenadora de projetos Ana Flávia Dumo, 31 anos, sempre se orgulhou das manchinhas. “Eu amo minhas sardas e nunca tentei escondê-las! Além de achar um charme, elas me trazem lembranças do meu pai, que também as tinha”, conta. Ela usa o Chronos Hydra Hidratante Protetor Facial Restaurador FPS30, que renova a barreira cutânea. “Além de hidratar, ele tem fator de proteção solar. Como adoro as manchinhas, não uso base, apenas corretivo, pó e blush”, diz ela.

Ao pensar em um look, a maquiadora regional da Natura Vanelise Chaves também gosta de optar pela aparência natural. “Prefiro não cobri-las totalmente. Costumo usar bases mais leves, pois acho que as sardas dão charme à pele.” Ela considera a tendência de assumir as manchinhas positiva. “As mulheres estão aprendendo que beleza é uma questão subjetiva e não deve ser padronizada. O importante é se sentir bonita respeitando suas marcas, por isso acredito que a melhor maquiagem é a que revela”, afirma a maquiadora.

Assim como Ana e Fernanda, a jornalista Camila Rossi, 35 anos, não abre mão do filtro solar. “Algumas temporadas na praia me trouxeram, além das sardas, manchas maiores. Essas, sim, indesejadas”, conta. As sardinhas começaram a aparecer por volta dos 10 anos e, no início, a novidade não agradou. Na adolescência, ela começou a ver nelas algum charme. “Tentar  camuflá-las ou combatê-las talvez fosse bobagem; então decidi assumí-las.” Hoje, Camila só frequenta a praia de chapéu e redobrou a proteção solar. “E sou muito feliz com minhas sardinhas!”, conclui.

Então, você já sabe: encobrir ou destacar as sardas é uma decisão sua! Caso você procure revelá-las, a gente listou a seguir alguns produtos de preparação da pele com cobertura leve ou média, ideais para um acabamento natural. Olha só:

Base líquida efeito tensor FPS 15 Una
A cobertura média é também uniforme e natural. Além de dar cor, ela tem hidratante, tecnologia Chronos e efeito tensor, que dá firmeza e elasticidade à pele.

Base extraleve FPS 8 Faces
Ideal para o verão, tem cobertura levinha e pode ser aplicada com os dedos. A embalagem é pequena e prática, ótima para ser levada na bolsa.

BB base multibenefício FPS 30
Tem alto fator de proteção solar e acabamento matte com efeito natural. Além de uniformizar o tom da pele, ajuda a controlar a oleosidade.

0 comentários:

Postar um comentário